UM HISTÓRIA PARA VIVER

31 de agosto de 2010






UM HISTÓRIA PARA VIVER  
Um homem foi uma vez ao Baal Shem Tov e lhe derramou seu coração: “Rebe!” Ele chorou.  “Não consigo entender o que está acontecendo comigo.  Pouco tempo atrás, decidi dedicar-me ao serviço ao Criador, e imediatamente me vi revigorado com vida espiritual.  Quando rezei, minha alma exultou em êxtase; quando estudei Torá, os portões da inteligência se abriram para mim; quando fiz uma Mitsvá, fiquei envolvido por uma alegria maravilhosa.  Mas logo depois, perdi isso tudo.  Minhas preces são secas.  Quando tento estudar, fico olhando por horas para a mesma página sem entender uma palavra sequer.  Minhas ações se tornaram mecânicas e privadas de significado.  Rebe, o que aconteceu?” 
Deixe-me te contar uma história,” falou o Baal Shem Tov.  “Um homem uma vez entrou numa loja onde tinham todos os tipos de delícias.  Ele percebeu que as pessoas estavam comendo de graça, com o consentimento e encorajamento do dono da loja.  Então, ele decidiu que também aproveitaria a generosidade do lojista.  Depois de experimentar cada prato na bancada, ele se serviu generosamente de uma comida muito atraente em particular. 
“Espere um minuto, meu amigo.” O lojista objetou, “isso custa 50 kopeques.” 
“Mas eu não entendo,” falou o cliente surpreso. “Por que de repente o senhor está pedindo pagamento?  Até agora o senhor deixava todos na sua loja comerem de graça!” 
“Simplesmente porque era do meu interesse que as pessoas experimentassem meus produtos.” Respondeu o lojista. “Para que eles passassem a saber como eles são apetitosos e gostosos.  Mas, depois que você experimentou e apreciou o seu valor, então chegou a hora de pagar por seu prazer.” 
“Nada que valha a pena na vida é de graça,” observou o Baal Shem Tov,” particularmente nas questões de espírito. 
Os prazeres sublimes do serviço Divino podem ser adquiridos somente com a moeda da perseverança e do esforço. 
No entanto, o Todo Poderoso oferece uma ‘degustação’ gratuita de Sua intimidade para todos aqueles que O procuram com o coração de verdade.  Mas, uma vez que você provou essas delícias Divinas, já está na hora de começar um trabalho e colocar a mão na massa.”




Reação:

2 comentários :

  1. Oi querida!
    Lindo texto! Estou querendo reler o post do Shemá Israel na primeira pessoa; vamos mandar imprimir na gráfica e colocar em uma moldura.
    O ano novo judaico está chegando. Como vcs comemoram? Vc
    pode me enviar um e-mail?
    Já encomendamos a versão Pechita, em Salvador! Estou curiosíssima!!!
    Beijos, querida e abençoada amiga.
    Oremos pela paz de Jerusalém.

    ResponderExcluir
  2. Gostaria, tambem, receber por email: rbrt.farias@gmail.com = Shemá Israel na primeira pessoa; vamos mandar imprimir na gráfica.
    Grato, que o Senhor te abençoe rica e abundantemente.
    Amém?
    Irmão Roberto do Recife

    ResponderExcluir

Obrigada pelo Comentário. Responderei assim que possível.
Andressa Bragança

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...