Ação e Reação

30 de janeiro de 2013






Ação x Reação
Causa x Efeito (consequência)
Castigo x Recompensa

3° Lei de Newton


Terceira Lei de Newton

Também denominada princípio da ação e reação, ela pode ser enunciada da seguinte forma:

Se um corpo A exerce uma força em um corpo B, o corpo B simultaneamente exerce uma força de mesma magnitude no corpo A — ambas as forças possuindo mesma direção, contudo sentidos contrários.

Resumindo, a força que você aplica para puxar uma caixa, é a mesma força que você receberá de volta, da caixa.



É muito comum vermos, especialmente entre religiosos, a autonegação das consequências de suas ações.
Ou seja, credita-se um terceiro por tudo o que acontece em suas vidas.
Ao diabo pelas consequencias ruins, e a Deus pelas consequencias boas.
Há algumas vezes em que vemos o crédito para todoas as coisas, boas ou ruins, serem direcionadas somente a Deus.
No entanto, esquecem-se que há Leis impressas na Nartureza, pelas quais somos regidas a todo o tempo. Uma dessas Leis
é a 3° Lei de Newton, ou como a conhecemos: Ação e Reação.


Essa Lei é universal e inquebrável. Não existe uma Lei que impeça a força reativa de agir. 
Quando você empurrar a caixa, você terá obrigatóriamente de receber a mesma força de volta.

E essa Lei funciona para tudo em nossa vida, inclusive para nossos pensamentos.

Se você não pagar seu imposto corretamente, sofrerá as penalizações. E isso não tem nada a ver com o diabo, mas, com a reação à sua ação.
Bem como, se você trabalhar bem, pelo seu esforço, tem o direito de ser beneficiado. E de onde vem o resultado? Da SUA ação!

Pensamentos pseudo-altruístas do tipo: "- Eu não sou nada, não mereço nada, não tenho crédito de nada" é uma enganação que nos aliena. 

Estamos todos sujeitos às Leis da Natureza. É da ordem da natureza você receber as consequências de suas ações. A reação não vem de uma força
terceira (Deus ou Diabo) mas de você.

Orar pedindo à Deus que lhe dê um emprego não irá adiantar se você não implicar uma força ao objeto (procurar emprego).
Culpar o diabo por você está desempregado não muda o fato de que a consequência (de você estar desemprego) é da sua ação (acomodado, não procura emprego).

Sejamos agradecidos ao Criador por ter nos dado Leis que nos permitam viver, mas, também sejamos gratos à nós mesmos quando colhemos resultados bons de nossas boas ações, bem como, nos responsabilizar e assumir nossos erros, quando agimos erradamente.

Se você chutar uma pedra (ação) receberá da pedra a mesma força sobre o seu pé (reação) o que lhe causará dor. A culpa é de quem?

Portanto, toda ação sofrerá uma reação. E tudo depende exclusivamente de você.

se eu trabalhar um dia todo limpando a minha casa, ao chegar a noite estarei morta de cansada. 
A casa estará limpa graças ao esforço de quem? Meu ou de Deus? Claro que será graças a mim. E não há nada de errado aceitar isso.
Errado é ignorarmos a Lei que nos rege e nos permite receber as consequências de nossos atos.

Não estou com isso dizendo que o Criador será desvalorizado com isso. Absolutamente. 
Ele é o Criador da Lei. E devemos ser agradecidos por isso. Mas não podemos excluir o nosso esforço mediante a gratidão que temos pelo Criador.
Isso sim é até uma afronta a Sabedoria Divina, e porque não uma ingratidão para com a Sua Lei?

Já falei muitas vezes a frase: "Eu não sou merecedora. Não sou digna".
Como não? Sou merecedora SIM. Fui criada com amor e fui colocada nesse corpo, nessa casa, nesse mundo para receber de volta tudo aquilo que eu der.
Se eu dou ao mundo meu amor, pela Lei da Ação e Reação eu mereço sim receber o amor de volta. Mas, se eu dou ao mundo meu ódio, eu também sou merecedora de receber o ódio de volta.

Somos todos merecedores exatamente daquilo que damos.

Portanto, é imprescindível que cuidemos de nossas ações e nossos pensamentos, pois afinal, toda a nossa ação terá uma resultante.

Não se menospreze. Você é merecedor. Sejam das coisas boas, sejam das coisas más. Tudo o que recebemos é fruto de nossas escolhas.

E ainda dentro dessa Lei, quero falar a respeito das nossas Reações.

Como vimos, é natural uma reação em direção a uma ação. E sabemos que a reação é na mesma força da ação.  Se você parar a ação, a reação também cessa.  Mas, o que dirá se ao invés de nós sempre reagirmos a uma ação, agirmos contra uma reação? Será que funciona?

Bom, como disse, se deixarmos a ação, a reação logo deixará de existir do mesmo modo.  O deixar de agir, também é uma ação, que resultará numa reação nula. Por ex, se eu empurro uma caixa, logo, ela exerce a mesma força sobre mim. Se eu deixo de empurrar (ação de parar) logo, a caixa também deixa de se movimentar e para sua reação sobre mim.

O que  quero dizer com isso? Que podemos parar de reagir contra algo, e passarmos a agir, afinal, a nossa ação causará uma reação.

Podemos reagir ao ódio, agindo com amor. Nossa ação amorosa resultará numa reação amorosa. 

Concluindo:
- Sejamos agradecidos ao Criador por nos ter dado suas Leis das quais podemos vivermos.
- Sejamos merecedores e agradecidos a nós mesmos por toda consequência de nossas boas ações, e, sejamos responsáveis por toda consequência de nossa má ação.
- Tomemos cuidado com todas as nossas atitudes e pensamentos. Todos eles terão uma reação, da qual nós mesmos seremos responsáveis.
- Reajamos menos, e Ajamos mais. 
- Sejamos felizes!





Reação:

Um comentário :

  1. Te vi lá no União da Blogueiras.Amei o blog!!!
    Bjus

    http://blogluminoso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pelo Comentário. Responderei assim que possível.
Andressa Bragança

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...