{Sobre as pessoas precisarem se encaixar}

5 de abril de 2018





Desconheço autor da imagem


{Sobre as pessoas precisarem se encaixar}

Liberdade pra mim não é não pertencer à uma religião ou ideologia qualquer.. mas, seguir meu coração e o que acredito ser bom e verdadeiro pra mim sem me afetar com as cobranças e julgamentos de vozes exteriores.

Quando eu era cristã, havia muitas coisas que não podia fazer. Coisas que eu nunca considerei errado, como usar calças por exemplo, ou ouvir todo tipo de música.. mas, a igreja proibia. Eu tinha que me encaixar, afinal, eu pertencia a caixinha chamada "cristianismo".

Mais tarde, fui para o judaísmo. Enchia a boca pra falar que eu era judia, que guardava o sábado, não comida porco... no entanto, havia outras regrinhas das quais eu não concordava, como acender velas antes do por do sol de sexta-feira pois não podia acender fogo no Shabat... eu pertencia agora a caixinha "judaísmo".

Hoje sou o que eu quiser ser. FE se eu não me encaixo nos seus padrões, dou graças à Deusa por ter me despertado.ando frequentava igrejas.. praticava minhas magias, minhas macumbas... sempre fui (adoro essa parte) uma ovelha bem negra e rebelde.. então, conheci o tal de "Sagrado Feminino". São tantas imposições que chego a ficar enojada. Se você não amar sua menstruação então você não faz parte do sagrado feminino. Se não se envolver em lutas sociais, não faz parte do sagrado feminino.. 

Ah... essa liberdade opressora!!!

Por mim, estou beirando os 40 e encontrando essa tal liberdade.. 

Liberdade pra mim é, não seguir o que os outros dizendo. Não estar encaixada apenas pra ter a sensação de pertencimento.

Essa necessidade de nos sentirmos aceitas é que nos leva a querer se encaixar em dogmas e paradigmas sem questionar se essas são a NOSSA verdade, o nosso caminho.

Eu não tenho que gostar de menstruação. Não tenho que lutar lutas sociais. Não tenho que tomar Ayahuasca. Não tenho que crer em Jesus. Não tenho que meditar. Não tenho que nada. 

Hoje aprendi a me aceitar e não necessitar da aceitação do outro. Não preciso pertencer a nenhum grupo pra ser sagrada. TUDO é sagrado. 

Mas, me entristece ver quantas pessoas ainda seguem crenças de grupos sem questionar... sair do "sistema" (modo metafórico de dizer) é, viver a sua verdade. Deixem massacrar. Deixem te julgar. Isso é o que as pessoas encaixotadas mais sabem fazer: condenar aquele que está fora de suas caixinhas. E eu sei que muita gente não aguenta a pressão e acaba se encaixotando apenas pra não ter que lidar com o julgamento do outro.

Mas, despertar de consciência é isso: Não se encaixar em nada. É um caminho solitário. Extremamente solitário. 

Quando vejo multidões fazendo a mesma coisa sem questionar, então sei que ainda não houve despertar de consciência. 

Porque eu tenho que gostar de menstruar?
Porque eu tenho que militar em causas sociais?
Porque eu tenho que ter empatia?
Porque eu tenho que ter religião?
Porque eu tenho que evoluir?
Porque eu tenho que ser boa?
Porque eu tenho que .... tudo o que você acha que eu tenho?

Hoje sou o que eu quiser ser. E se eu não me encaixo nos seus padrões, dou graças à Deusa por ter me despertado.





Reação:
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada pelo Comentário. Responderei assim que possível.
Andressa Bragança

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...